ASPECTOS GEOGRÁFICOS DO PIAUÍ

O Piauí é um dos nove estados que formam a região Nordeste, ocupando o trecho ocidental da mesma. Forma juntamente com o Estado do Maranhão, o chamado Meio Norte ou Nordeste Ocidental. Ocupando 252.378 km2 (16,2 %) dos 1.548.672 km2 que constituem a região Nordeste do Brasil, é o terceiro maior estado nordestino, inferior apenas à Bahia e ao Maranhão, e o décimo estado brasileiro, respondendo por 2,9 % do território nacional. Sua grande distância latitudinal causa problemas como a dificuldade de comunicação entre os setores dirigentes e o extremo Sul. As grandes distâncias a serem vencidas têm gerado desejos separatistas, como o da criação do Estado do Gurguéia ao Sul (60% da área; 25,79% da população). O principal argumento defendido pelos separatistas é o de que estas longas distâncias a serem vencidas, colocam o sul do estado em desvantagem. O norte é privilegiado com a maior proximidade da capital. Percebe-se, no entanto, que argumentos desta natureza não se sustentam por si só. Não é dividindo o território que os problemas serão resolvidos ou minimizados.

LIMITES E PONTOS EXTREMOS DO PIAUÍ

Ao Norte: limita-se com o Oceano Atlântico, na Barra das Canárias, na Ilha Grande de Santa Isabel, município de Parnaíba. Ao Sul: Tocantins e Bahia são os estados limítrofes. A Chapada da Limpeza, em Cristalândia, é o ponto extremo. A Leste: o ponto extremo situa-se no município de Pio IX, nascente do rio Marçal, na serra do Marçal. Como limites temos os estados do Ceará e Pernambuco. A Oeste: curva do rio Parnaíba, no município de Santa Filomena. Toda fronteira oeste é feita com o estado do Maranhão. O limite com o Maranhão, o maior, é de 1492 km e com o Tocantins, o menor, é de apenas 21 km, ou seja, menor que o limite com o Oceano Atlântico que é de 66 km.