TEM MUITO “FICHA SUJA” NO PIAUÍ TENTANDO ENGANAR A JUSTIÇA ELEITORAL.


"Devemos analisar as coisas sem paixão e sem distorção da verdade. Essa ação tem mais de 20 anos e se deve a uma ação do deputado Osmar Júnior, quando era vereador, por conta do uso do slogan "unidos seremos mais fortes", porque Heráclito usou na campanha eleitoral. Foi uma ação política que tem 20 anos. A repercussão toda foi porque Heráclito é oposição, é secretário geral do Senado e tem dimensão política não comum e foi o primeiro a conseguir a liminar. Por isso, tentam desqualificar. Há muito exagero. Sou a favor da lei ficha limpa, mas tem que ver os casos", declarou ontem o candidato a governador Sílvio Mendes.

EM TEMPO:

O candidato a governador do PSDB está certo. Tem muito ficha suja, ladrão de dinheiro público, que ficou milionário nesses sete anos de governo do PT, agora continuado pelo PSB, que precisa é ser preso. A discussão sobre esta ação do senador Heráclito Fortes (DEM) serve apenas para desviar o foco do estouro que foi feito nos cofres públicos do Estado do Piauí por esses “fichas sujas” que estão no poder, beneficiados pelo manto da impunidade que teima em continuar protegendo as velhas e novas raposas políticas do Piauí.

Vale ressaltar que essas declarações de bens feitas pelos candidatos W. Dias (PT) e Assis Carvalho (PT) ao TRE receberão uma investigação judicial, através de ações que ajuizarei no Tribunal Regional Eleitoral. Tem muito “ficha suja” no Piauí tentando enganar até a justiça eleitoral. ISTO É PIAUÍ – Antônio de Deus, advogado e jornalista